Ao sul de Lisboa, Porto Covo é o melhor do verão em Portugal

June 28, 2018

O verão na Costa Vicentina, em Portugal, tem um ar vintage, uma combinação de sonho de casas brancas + enseadas de águas transparentes + bons restaurantes

 

A Costa Vicentina é um dos segredos mais bem guardados de Portugal: um trecho de cerca de 100 quilômetros de parque natural que margeia o Atlântico de norte a sul unindo os mais bonitos trechos de litoral entre o Alentejo e o Algarve.

 

Uma região onde os campos de oliveiras chegam quase ao mar, as dunas desenham lindas paisagens e o mar molda baías ora pequeninas, ora extensas, sempre de areias fininhas e águas transparentes.

 

 

Porto Covo, uma vilinha encantadora de pouco mais de mil habitantes, é a primeira parada na região para quem vem de Lisboa (são cerca de 170 quilômetros ao sul da capital portuguesa). O cenário é arrebatador: de um lado, casinhas caiadas de branco, de portas e janelas coloridas, poucas ruinhas e praças cheias de charme…

 

…do outro, uma sequência de praias pronta para fazer a festa de qualquer Instagram.

 

Detalhe: aqui as praias são cercadas de falésias e acessíveis por trilhas ou escadinhas, que levam até lá embaixo. A maior vantagem é que as baías ficam protegidas do vento e tendem a ter águas mais calmas.

 

Um dos lugares mais queridinhos da Costa Vicentina, Porto Covo mantém o astral de vila pequenina do interior. Tudo gira em torno da praça e de uma rua principal, onde estão enfileirados alguns restaurantes, lojinhas de suvenires e, no verão, barraquinhas de tererê e tatuagem temporária.

 

A poucos passos do centro fica a Praia Grande, um pouco mais aberta e a mais concorrida, pois não é preciso ter carro para ir até lá.

 

Ao sul da cidade fica a Ilha do Pessegueiro, bem pertinho da costa, musa inspiradora do cantor Rui Veloso:
“Havia um pessegueiro na ilha
Plantado por um Vizir de Odemira
Que dizem que por amor se matou novo
Aqui, no lugar de Porto Côvo”

 

Ao norte vem uma sequência de prainhas idílicas. Uma das menores e mais gostosas é a Praia do Serro da Águia, onde um rochedo divide o mar em duas entradas.

 

 

Na sequência vem uma das mais famosas, a Praia da Samouqueira, uma sequência de enseadas moldadas por pedras.

 

Depois de alguns mergulhos, o centro espera com gostoso peixes e frutos do mar. No Zé Inácio restaurante (Rua Vasco da Gama, 38) há uma deliciosa salada de polvo e amêijoas a Bulhão Pato.

 

O atendimento é desses tão simpáticos que quase não se vê mais. Depois, a pedida é tomar um sorvete e passear na praça – para ter um gostinho das férias como antigamente.

 

Fonte: viagemeturismo

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Ilha da Madeira: piscinas naturais, museu do CR7 e outras atrações turísticas

December 18, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes

December 14, 2018

Please reload

Arquivo