World’s 50 Best: conheça a lista dos melhores restaurantes do mundo

November 10, 2018

Escolher aonde comer é sempre uma questão delicada, sobretudo em viagens internacionais, quando mal conhecemos as opções disponíveis. Por isso, iniciativas mundo afora testam e classificam os melhores restaurantes do mundo. Assim, ganhamos um ponto de referência para ajudar na escolha.

 

 Uma dessas iniciativas é a lista The World’s 50 Best Restaurants, criada pela revista britânica Restaurant em 2002 para eleger os 50 melhores restaurantes do mundo. Para tanto, conta com a votação de chefs de cozinha, donos de restaurantes, gourmands (pessoas que se dedicam à experimentação de boa comida pelo mundo) e críticos internacionais.

 

A lista da The World’s 50 Best Restaurants apresenta, em sua maioria, restaurantes requintados. E não estamos falando só de aparências. A “alta gastronomia” praticada por esses chefs é caracterizada pelo cuidado e meticulosidade no preparo e apresentação dos pratos.

 

O nível de detalhe é tamanho que existe até uma ciência por trás do processo: a gastronomia molecular. Esse campo investiga os métodos químicos e físicos relacionados à culinária. Desse modo, os chefs dos melhores restaurantes do mundo buscam embasamento científico na criação dos pratos. Um exemplo é o efeito da temperatura sob o cozimento de um alimento, 1 ºC a menos ou a mais pode comprometer totalmente o resultado esperado.

 

Como são escolhidos os melhores restaurantes do mundo?

 

A lista é definida a partir dos votos da World’s 50 Best Restaurants Academy, que é composta por cerca de mil experts da indústria gastronômica internacional. A academia é dividida em 26 regiões do mundo. Cada uma tem seu próprio júri de votação com 40 membros, incluindo um presidente representando o grupo.

 

Os júris regionais são formados por críticos gastronômicos, chefs, empresários do ramo e gastrônomos bem viajados pelo mundo. Cada participante do júri tem direito a dez votos. A decisão sobre como será feita a divisão regional é debatida anualmente e pelo menos 25% dos jurados são alterados a cada ano.

 

Não existe um check-list pré-determinado de critérios para a escolha dos restaurantes, mas há regras de votação. Por exemplo, os membros mantêm o anonimato, não avaliam restaurantes com os quais tenham vínculo e, por fim, devem votar em ao menos 4 fora da cidade natal deles. Com isso, é garantida a isenção nos votos, o que dá credibilidade à lista.

 

Todo ano sai uma lista nova, embora boa parte dos restaurantes se repitam, visto o alto padrão que mantêm.

 

Além disso, a World’s 50 Best edita listas alternativas, o que dá mais opções para você explorar:

  • 51º a 100º melhores restaurantes do mundo

  • 50 melhores restaurantes da América Latina

  • 50 melhores restaurantes da Ásia

Quais são os melhores restaurantes do mundo?

 

Como a lista principal abrange 50 restaurantes e a alternativa, mais 50, o que ficaria muito extenso para esse post, separamos os 10 primeiros colocados da World’s 50 Best 2018, os brasileiros (sim, temos representantes!) e aqueles que visitamos pessoalmente, para contar a você se vale a pena a visita.

 

10 melhores restaurantes do mundo em 2018
 

1º – Osteria Francescana (comida italiana, Modena, Itália)

2º – El Celler de Can Roca (comida catalã, Girona, Espanha)

3º – Mirazur (comida mediterrânea, Menton, França)

4º – Eleven Madison Park (comida europeia com toque nova-iorquino, Nova York, Estados Unidos)

5º – Gaggan (comida indiana progressiva, Bangcoc, Tailândia)

6º – Central (comida peruana, Lima, Peru)

7º – Maido (comida nikkei, Lima, Peru)

8º – Arpège (comida francesa, Paris, França)

9º – Mugaritz (cozinha inovadora espanhola, “techo-emotional”, San Sebastián, Espanha)

10º – Asador Etxebarri (comida espanhola feita à lenha, Axpe, Espanha)

Melhores restaurantes do mundo no Brasil de 2018

30º – D.O.M (comida brasileira com ingredientes amazônicos, São Paulo)

79º – A Casa do Porco (comida à base de carne de porco, São Paulo)

87º – Maní (misto de cozinhas brasileira e europeia, São Paulo)

100º – Lasai (comida no etilo “da fazenda para a mesa”, Rio de Janeiro)

Nosso país ainda tem outras opções na lista de melhores restaurantes da América Latina:

23º – Olympe (comida francesa com toque brasileiro, Rio de Janeiro)

27º – Mocotó (comida nordestina, São Paulo)

41º – Esquina Mocotó (cozinha brasileira inovadora, São Paulo)

 

Quais restaurantes recomendamos (ou não)
 

No Brasil, já visitamos a Casa do Porco, o Mocotó e o Esquina Mocotó, todos em São Paulo. Aprovamos a experiência nos três! E mais: em nosso Instagram, publicamos Stories mostrando os pratos, atendimento, enfim, tudo sobre nossa visita!

 

Em Moscou, na Rússia, visitamos dois: o White Rabbit (15º) e Selfie (70º). No primeiro, a experiência não foi aquilo tudo, pois esperávamos mais do restaurante. Já do Selfie, saímos satisfeitos e adoramos o jantar, portanto recomendamos. Para ver como foi a ida esses dois estabelecimentos, você pode:

  • Ler o roteiro por Moscou (restaurantes no final dos dias 1 e 3, respectivamente)

  • Assistir no canal do YouTube (Selfie; White Rabbit – links na hora exata).

Também visitamos outro da lista de melhores restaurantes do mundo: o Cosme (25º), que fica em Nova York.

 

Explore mais o mundo gastronômico!

 

Outra lista que reúne os melhores restaurantes do mundo é o Guia Michelin. Para você entender como funciona e conhecer algumas recomendações, escrevemos um post detalhado sobre o guia.

 

E se você prioriza boa relação entre custo e benefício na hora escolher onde comer, também existe uma lista de recomendações nesse estilo! Trata-se da categoria Bib Gourmand do Guia Michelin. Saiba tudo sobre ela neste post!

 

Fonte: passagensimperdiveis

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Ilha da Madeira: piscinas naturais, museu do CR7 e outras atrações turísticas

December 18, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes

December 14, 2018

Please reload

Arquivo